sábado, 29 de outubro de 2011

Vale a pena antecipar as compras de Natal? Especialistas dão dicas para economizar

Fonte: Google Imagens
O espírito natalino pode não ter tomado conta dos consumidores, mas a hora de pensar nos presentes é agora. E o motivo é simples: antecipar a compra dos produtos pesa menos no bolso. “É melhor começar já”, diz a professora de finanças Ângela Menezes, do Insper. “Para gastar bem o dinheiro, é preciso disciplina e planejamento”, avisa.

Basta lembrar das lojas lotadas nas vésperas do Natal para listar as vantagens de se adiantar na maratona de compras. Por enquanto, as lojas não estão lotadas de compradores, há produtos em estoque – o que significa disponibilidade de tamanhos, cores e modelos –, preços em promoção e, bem ou mal, há mais tempo para diluir a conta até o final do ano. “O tempo ainda está a favor do consumidor”, diz o consultor de finanças pessoais Márcio Crivelaro. "Por isso, vale a pena pechinchar."

O pagamento da primeira parcela do 13º salário é feito, geralmente, em novembro – e é ele que dá a largada para as compras de final de ano. Ângela alerta que, no comércio brasileiro, a segunda quinzena de novembro é marcada pelo “pico” dos preços: para o comércio, depois do feriado de 15 de Novembro, já é Natal. E, à espera do benefício fresquinho, as lojas reajustam seus produtos, que permanecerão com preços em alta até a véspera do Natal.

Para driblar esse cenário, Ângela sugere que as compras sejam feitas à vista ou no cartão de crédito, em parcela única. “Comprando no início de novembro, a conta chegará junto com o 13º, mas o consumidor terá comprado produtos mais baratos." Com isso, diz ela, ficará mais fácil planejar os gastos tradicionais de início de ano, como matrícula escolar e impostos.

Salvo o setor de vestuário, que deve lançar sua última coleção do ano nas próximas semanas, outros tipos de presentes, como brinquedos, eletroeletrônicos ou eletrodomésticos, produtos de beleza, acessórios e livros, já estão disponíveis no comércio. Se alguma coisa mudar, será o preço. Nesta época do ano ainda é possível encontrar boas liquidações e lojas que estejam tentando se livrar do estoque formado para o Dia das Crianças, com valores 20% mais baixos.

Dicas

Para começar, o primeiro passo é ter em mãos desde já a lista de pessoas para quem você pretende comprar presente. Anote, ao lado do nome, uma estimativa do valor que quer gastar com cada um, para não se deixar levar pelos encantos de um produto.




Com a lista em mãos, compre antes o que vai pesar mais no orçamento. Presentes especiais merecem uma boa pesquisa de preço.  “Agora é o momento de comprar produtos mais caros, que exigem bastante pesquisa”, diz Crivelaro. “O que sai caro é comprar de última hora". Também é possível aproveitar os sites de compras coletivas e lojas virtuais, já que ainda dá tempo de procurar, comprar e trocar, se for preciso. Antes de comprar o produto, porém, cerifique-se de que a loja permite troca depois das festas de final de ano, ou pondere se a opção de troca será necessária.

Por fim, pense também nos itens para a ceia de Natal –que, às vésperas da festança, costumam ter uma escalada de preços surpreendente. Invista já em bebidas e congelados, por exemplo, ou em enlatados que serão usados para as receitas especiais. E boa festa!

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não esqueça de assinar nossa newsletter para receber as promoções. Obrigado por comentar!

Blog parceiro do

Encontre as melhores marcas de acessórios para maquiagem e diversos modelos de tênis femininos no Paraíso Feminino.

Postagens populares